Almeidas Assessoria Contábil

Blog

Saúde financeira da empresa

7 dicas para melhorar a saúde financeira da empresa!

Para garantir a saúde financeira da empresa é preciso ter muita organização. Entretanto, cuidar dessa parte financeira de uma empresa não é uma tarefa fácil. Afinal, ela demanda que inúmeras atividades sejam realizadas regularmente, para evitar qualquer risco para os negócios.

A gestão financeira empresarial é uma das atividades mais importantes de uma empresa, e também uma das mais desafiadoras. Todo o sucesso do seu negócio pode depender disso. 

Diante disso, existem algumas práticas cruciais para preservar a boa saúde das finanças da empresa. Assim, separamos nesse post algumas dessas práticas que devem ser adotadas para melhorar a saúde financeira empresarial. Confira abaixo! 

7 dicas para progredir na saúde financeira da empresa

Saúde financeira da empresa

1 – Elabore um bom planejamento financeiro

Certamente, o planejamento financeiro é o alicerce das finanças da empresa. Antes de colocar qualquer negócio em andamento, é substancial determinar a quantia de dinheiro necessária para mantê-lo. 

Esse planejamento contempla os valores a serem recebidos, os pagamentos a serem realizados e a consolidação de um bom capital de giro. Ou seja, se for bem elaborado, o planejamento financeiro livrará a empresa de muitos problemas no futuro. Já que sem ele, o gestor pode ficar exposto a uma série de obstáculos.

Entretanto, é possível que você, como gestor, não se sinta totalmente à vontade para avaliar o negócio e definir qual seria o melhor planejamento a ser adotado. Nesses casos, não hesite em solicitar o apoio de uma assessoria contábil e financeira.

2 – Contabilize os gastos

É necessário contabilizar todos os gastos da instituição, tendo sempre o registro de toda quantia que sai do negócio. Dessa forma, será possível entender se algo está errado e precisa ser revisado.

Uma forma de fazer isso é classificar o dinheiro que sai do fluxo de caixa. Podem ser divididos por categorias de gastos fixos relativos à estrutura, como aluguel, conta de água e telefone e despesas variáveis. Também, como a manutenção de equipamentos.

Isso vai fazer com que você tenha uma dimensão dos gargalos que podem ser reduzidos ou até mesmo extintos. Então, caso perceba que gasta muito em um ponto específico, pode optar por alternativas desse serviço.

3 – Tenha um bom capital de giro

Para assegurar a saúde financeira do negócio, é essencial que o dono da empresa tenha capital de giro. Esse valor, no início, pode ser usado para comprar matéria-prima ou o que for necessário para a execução das operações.

Depois que tudo já estiver bem estruturado, o dinheiro do capital de giro poderá ser utilizado. Por exemplo, para que a companhia se previna de danos ou prejuízos gerados pela inadimplência dos consumidores. Ainda além, para aplicar em campanhas de marketing, para que mais pessoas conheçam a marca.

-> Leia também: Entenda a importância do capital de giro para o fluxo de caixa! 

4 –  Realize os pagamentos em dia

Existem inúmeros tipos de contas que um negócio pode ter: fornecedores, prestadores de serviços, folha de pagamento, pró-labore, água e luz. Também, telefone, internet, aluguel, entre outras. 

Todas elas são obrigações da empresa e é claro que precisam ser pagas. Como a quantidade geralmente é grande, é preciso se organizar bastante para que elas sejam pagas na data correta, evitando multas, juros e protestos.

-> Leia também: Obrigações Acessórias: entenda o conceito e sua importância!

5 – Crie um fundo de emergência

Se tem uma coisa que podemos aprender com as crises financeiras é a importância de ter uma reserva de emergência. Para criá-la, você deve estipular uma quantia que poderá ser utilizada em momentos difíceis.

Como resultado, a sua empresa terá uma segurança maior, reduzindo as chances de criar dívidas e até mesmo chegar à falência.

6 – Separe contas pessoais e empresariais

Certamente, essa é uma das principais práticas que deve-se adotar para melhorar a saúde financeira empresarial. Ao separar as contas pessoais das do seu negócio, você garante que um não prejudique o outro. 

Assim, consegue organizar melhor as finanças e ainda tem um controle exato da situação da empresa. Além de todos esses benefícios, seu empreendimento ainda ganha maior credibilidade perante instituições financeiras e possíveis investidores.

7 – Conte com o auxílio de um contador

Sem dúvidas, um contador poderá te dar todo o suporte necessário para alcançar uma boa saúde financeira empresarial. Afinal, ele conhece as leis tributárias vigentes e está sempre atento a possíveis mudanças. Além disso, te auxilia a enquadrar sua empresa corretamente, de acordo com a atividade realizada pela mesma.

Logo, é de extrema importância contar com o auxílio de um contador qualificado para melhorar a saúde financeira da empresa. Precisa de ajuda para fazer a contabilidade empresarial do seu negócio? Conte conosco! Podemos ajudar você a melhorar a saúde financeira do seu negócio de forma efetiva e permanente. 

sobre o autor
Fábio Almeida é graduado em Tecnologia da Informação e Ciências Contábeis com mais de 10 anos de atuação como contador e empreendedor.


3 Comentários

  1. […] -> Leia também: 7 dicas para melhorar a saúde financeira da empresa! […]

    Reply
  2. […] -> Leia também: 7 dicas para melhorar a saúde financeira da empresa! […]

    Reply
  3. […] -> Leia também: 7 dicas para melhorar a saúde financeira da empresa! […]

    Reply

deixe seu comentário :

* O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.