Almeidas Assessoria Contábil

Blog

Empresa familiar

Empresa familiar: entenda o que são e como funcionam!

A empresa familiar é um ramo empresarial muito comum no Brasil. Visto que, ao abrir uma sociedade, muitos empreendedores acabam criando um negócio com pessoas da família, com o objetivo de ter sócios e funcionários de confiança em sua equipe. 

Esse modelo corporativo possui algumas características específicas que devem ser bem consideradas para aproveitar cada vez melhor os pontos fortes dessa estrutura empresarial. Também é importante conhecer os pontos fracos e a definição de negócios desenvolvidos nessa estrutura, para conseguir melhorar o que precisa.

Quer entender um pouco mais sobre o assunto? Então, continue lendo o nosso post e entenda o que são e como funcionam essas empresas. Acompanhe com atenção!

O que é uma empresa familiar? 

Empresa familiar

Podemos dizer que ela é a interação entre dois sistemas separados – a família e o negócio – mas que estão conectados. Na constituição, as empresas familiares podem incluir vários membros da família tanto em funções empresariais diversas quanto em funções de acionistas e membros da diretoria.

Isso significa que para ser um negócio familiar não é necessário que os membros estejam todos trabalhando como funcionários. Além disso, a gestão pode estar nas mãos de uma pessoa fora da família e nem por isso a empresa deixa sua classificação de negócio familiar. Para isso, ela precisa ter figuras familiares no quadro de diretores ou no de acionistas.

Justamente por existirem dois sistemas separados é muito comum haver conflitos em negócios familiares, pois há a sobreposição de papéis. Além disso, sua estratégia de negócios precisa incorporar a dimensão das necessidades da família, como sucessão, necessidades de dividendos e estruturação fiscal na hierarquia dos aspectos societários.

Por isso, para que uma empresa baseada nesse modelo seja bem-sucedida é imprescindível o auxílio de consultores especializados.

-> Leia também: 6 benefícios que a contabilidade estratégica pode trazer para a sua empresa

Vantagens de uma empresa familiar?

Ter uma empresa em família para muitos pode ser uma dor de cabeça, mas se todos tem um propósito em comum, podem crescer juntos e desenvolver o negócio. Conheça as vantagens de ter uma empresa com a sua família:

  • Interesses comuns.
  • Confiança mútua e autoridade definida e reconhecida.
  • Facilidade na transmissão da informação.
  • Flexibilidade de processos.
  • Projetos a longo prazo.
  • Permanência da cultura e dos valores:
  • Maior dedicação e envolvimento pessoal.

Como funciona uma empresa familiar?

Em um empreendimento familiar, alocar pessoas dentro das funções corretas é uma das missões mais importantes de qualquer administração. Se uma pessoa despreparada ocupa um cargo de gestão, por exemplo, os riscos de que os resultados da empresa sejam afetados são imensos.

Por mais que se queira dar uma função a diversos familiares, é preciso analisar as competências e as exigências de cada função. Se for o caso, é necessário estimular a busca por mais qualificação por parte dos familiares, de modo a assegurar que cada um esteja apto a desenvolver suas funções.

Ainda, vale lembrar que esse modelo possui classificações e características únicas. Sendo elas: 

1 – Empresa familiar tradicional

A administração é feita, exclusivamente, pelos próprios familiares. Geralmente, existe mais controle, inclusive financeiro, e o capital é fechado.

2 – Empresa de trabalho familiar

Esse tipo é muito semelhante ao anterior. Seu critério considera a combinação entre propriedade e gestão. Dessa forma, os membros da gestão da empresa são sempre da família, de modo que os filhos ou parentes de grau mais próximo ao do fundador são incentivados a trabalharem nela.

3 – Empresa de administração familiar

Também é parecida com o tipo anterior e o tradicional. Porém, a principal diferença dessa é que, embora todos os membros exerçam controle sobre o negócio, aqueles que ocupam as funções de gestão são capacitados para isso.

4 – Empresa familiar híbrida

O híbrido, como o nome sugere, possui equilíbrio entre membros da família e profissionais de fora, sem vínculos pessoais, sobretudo em cargos gerenciais. Assim, o capital é aberto e o controle é exercido pela família.

5 – Empresa de influência familiar ou de investimento

Por último, este consiste também em um modelo com controle estratégico, mas possivelmente à distância. Ou seja, os membros da empresa podem não participar da administração diretamente, mas ainda assim possuem parcela significativa das ações.

Assim, vale destacar que para que uma empresa familiar dê certo, assim como todos os outros tipos de empresas, ela precisa ser conduzida e administrada com estratégia e planejamento. Por isso, conte conosco, somos especialistas em gerência com segurança e lucratividade!

sobre o autor
Fábio Almeida é graduado em Tecnologia da Informação e Ciências Contábeis com mais de 10 anos de atuação como contador e empreendedor.


Sem Comentários


deixe seu comentário :

* O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.